| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

JORNAL AMATA
Desde: 13/06/2001      Publicadas: 1080      Atualização: 17/05/2019

Capa |  Altamira  |  AMATA ASSOCIE-SE  |  Castelo de Sonhos  |  Desmatamento na Amazônia  |  ECOLOGIA  |  Educação Ambiental  |  ESPORTES  |  Hidrelétrica de Belo Monte  |  HIDRELÉTRICA DO TAPAJÓS  |  Opinião  |  Política  |  Poluição  |  SAUDE  |  Transamazônica  |  Turismo no Xingu


 ECOLOGIA

  21/04/2019
  0 comentário(s)


Governo Bolsonaro: 100 dias de retrocessos ambientais

Na quarta-feira, 10 de abril, Jair Bolsonaro completa 100 dias de governo e o Greenpeace Brasil realizou uma avaliação sobre a atuação do Executivo neste período em relação às questões ambientais.

Governo Bolsonaro: 100 dias de retrocessos ambientais

 

 A análise deixou claro que a agenda de retrocessos do novo governo, que começou antes mesmo da posse, continua ganhando força. “Nestes primeiros 100 dias, o atual governo empenhou-se apenas numa agenda antiambiental. Não há, por exemplo, nenhuma nova medida de combate ao desmatamento da Amazônia. Os criminosos que destroem a floresta e roubam nossas riquezas, os vendedores de agrotóxicos que contaminam nossa comida e os que querem tomar as terras das populações indígenas são os únicos que têm algo a comemorar”, diz Marcio Astrini, coordenador de Políticas Públicas do Greenpeace.

Após forte repercussão negativa, Jair Bolsonaro voltou atrás na decisão de acabar com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), mas isso não o fez desistir de seu objetivo de destruir a pasta. Em pouco tempo, colocou em prática um “plano B”, nomeando como ministro Ricardo Salles, condenado em primeira instância por fraude na elaboração de plano de manejo em uma Área de Proteção Ambiental em favor de empresas mineradoras. A partir de então, uma enxurrada de medidas e decretos começou a minar o ministério, diminuindo sua capacidade de atuação, desfazendo conquistas importantes e até mesmo impondo uma lei da mordaça aos servidores de alguns órgãos. Assim, ao invés de aniquilar o ministério em uma só canetada, o presidente o faz no varejo.

No período, o governo também adotou medidas e fez promessas que colocam em risco a Amazônia e poderão fomentar ainda mais o desmatamento e a violência na região. Nessa linha, Bolsonaro iniciou um ataque sem precedentes aos povos indígenas: transferiu para o Ministério da Agricultura a responsabilidade pela demarcação de terras, declarou que vai rever todas as demarcações que puder e prometeu abrir terras indígenas para exploração agropecuária e mineração. Segundo dados da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), tais sinalizações já foram suficientes para estimular mais invasões e violência no campo.

O desejo de entregar a Amazônia ficou evidente durante missões governamentais internacionais, em falas de ministros e do próprio presidente que, em conversa com Donald Trump, propôs a abertura da exploração da região em parceria com os Estados Unidos. Além de ilegais, tais atos também afrontam a soberania nacional, uma vez que áreas protegidas e terras indígenas, que hoje pertencem à União, poderiam ir parar nas mãos de empresas estrangeiras.

Seguindo para uma ampla agenda dedicada a encher de veneno a comida da população, em três meses, já foram autorizados para uso 121 novos agrotóxicos, um recorde se comparado aos últimos dez anos, considerando o mesmo período. Destas substâncias, 41% são classificadas como altamente ou extremamente tóxicas, e ao menos quatro produtos são tão nocivos à saúde humana que foram banidos em diversos países. Há ainda 241 novos pedidos de registro acatados e que podem seguir pelo mesmo caminho.

O atual rumo das políticas ambientais pode jogar por terra décadas de esforços no combate ao desmatamento, colocar em risco a saúde da população e trazer um incalculável prejuízo econômico e de imagem ao país. Cada vez mais, consumidores do mundo inteiro rejeitam produtos manchados com a destruição ambiental. Recentemente, o governo francês anunciou que irá bloquear a importação de produtos agropecuários e florestais que contribuam com o desmatamento da Amazônia.

“Bolsonaro não ganhou um cheque em branco da sociedade brasileira para destruir nossas riquezas naturais. Ele deve governar para o bem de toda a população, e não apenas de acordo com seus interesses ou grupos aliados. Iremos cobrá-lo 24 horas por dia da necessidade de proteger as florestas, assegurar a saúde da população e agir para barrar as mudanças climáticas. Continuaremos lutando contra todo retrocesso socioambiental, de forma independente, como tem sido ao longo dos nossos 27 anos de história no Brasil, não importando quem encontra-se na cadeira da Presidência da República”, afirma Astrini.

Assessoria de Imprensa
Rebecca Cesar
imprensa.br@greenpeace.org
(11) 3035-1167
(11) 95640-0443




  Mais notícias da seção Reportagem no caderno ECOLOGIA
08/09/2017 - Reportagem - Empresa cria chocolate naturalmente rosa
O produto seria a primeira inovação em 80 anos, depois da invenção do chocolate brancoCom informações de Estadãohttp://emais.estadao.com.br/noticias/tv,ary-fontoura-ataca-dilma-roussef-no-faustao-golpe-quem-deu-foi-a-senhora,10000025808O novo chocolate 'ruby', da empresa suíça Barry Callebaut...
18/03/2017 - Reportagem - Governo marcou 2030 como fim da produção e a partir de 2050 carro a combustão será proibido de rodar no país 
Os carros com motor à combustão têm os dias contados na Alemanha. Literalmente: eles vão sobreviver exatamente 4.680 dias a partir desta quinta-feira, 15 de março de 2017.O Conselho Federal do país aprovou uma resolução que proíbe a venda de veículos a diesel e a gasolina a partir de 2030 (lá eles não usam o álcool como combustível), conforme infor...
13/11/2016 - Reportagem - Casa sustentável de papelão fica pronta em 24h e dura 100 anos
casa sustentável de papelão Vista do projeto: parece ótimo morar nessa casa, não é mesmo?Casa sustentável de papelão: existe mesmo?...
17/10/2016 - Reportagem - Os cinco maiores problemas ambientais do mundo e suas soluções
Lixo e poluição do ar em BangladeshPoluição do ar, desmatamento, extinção de espécies, degradação do solo e superpopulação representam grandes ameaças, que devem ser resolvidas para que o planeta continue sendo um lar para todas as espécies....
21/06/2016 - Reportagem - Senador José Porfírio ganha duas Unidades de Conservação
Foi oficializado ontem (20), através dos Decretos de Nº 1.566 e 1.567, publicados no Diário Oficial do Estado, a criação de quatro Unidades de Conservação do Estado do Pará: o "Refúgio de Vida Silvestre (REVIS) Tabuleiro do Embaubal" e a "Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Vitória de Souzel", localizadas no município de Senador José Porfí...
27/04/2016 - Reportagem - Ano de 2015 foi o mais quente já registrado no planeta, confirma Nasa
O ano de 2015 foi, de longe, o mais quente no planeta desde que começaram os registros de temperatura no final do século 19, superando claramente o recorde de 2014, anunciaram nesta quarta-feira (20) a agência espacial Nasa e a Agência Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), dos Estados Unidos. ...
13/12/2015 - Reportagem - Países aprovam acordo histórico para limitar aquecimento
Os 195 países que participam da 21ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP21) aprovaram neste sábado (12) um histórico acordo para enfrentar o aquecimento global.O resultado foi amplamente celebrado pelo ministro das Relações Exteriores da França e presidente da COP21, Laurent Fabius, e pelos represe...
21/11/2015 - Reportagem - Aprovado novo prazo para fim dos lixões
Os municípios deverão ter mais tempo para acabarem com seus lixões. O Plenário do Senado aprovou o projeto (PLS 425/2014) que prorroga, de forma escalonada, o prazo para as cidades se adaptarem à Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010). A matéria é a primeira de uma lista sugerida pela Comissão Especial do Pacto Federativo, com proj...
25/04/2013 - Reportagem - Suspensa liminar que impede licença de usina no PA
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) derrubou a liminar que suspendeu temporariamente o processo de licenciamento ambiental das obras da Usina Hidrelétrica São Luís do Tapajós, no Rio Tapajós, oeste do Pará. O presidente do STJ, Felix Fischer, acatou pedido feito pela União e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A decisão do ministro dev...
30/06/2012 - Reportagem - Investigadas denúncias em santuário de tartarugas
O Ministério Público Federal abriu mais uma investigação sobre a Norte Energia, responsável pelas obras de Belo Monte, por causa de denúncias de imperícia de uma empresa subcontratada, a Biota Soluções Ambientais, que teria causado a morte de milhares de filhotes de tartaruga no Tabuleiro do Embaubal, conjunto de praias sazonais do rio Xingu, entre...
24/03/2011 - Reportagem - Clinton, Schwarzenegger e James Cameron participam de fórum em Manaus
Evento reunirá empresários e lideranças para discutir políticas públicas de sustentabilidadePolíticos, empresários e ecologistas discutirão um modelo de desenvolvimento sustentável por meio do emprego e da promoção de práticas ecológicas no 2º Fórum Mundial de Sustentabilidade, que começa nesta quinta-feira em Manaus e vai até sábado. ...
16/12/2010 - Reportagem - Governo planeja construir seis hidrelétricas na Amazônia
Juntas, elas têm potência equivalente a uma nova Belo Monte, a maior hidrelétrica brasileira, recentemente leiloada no Pará...
08/11/2010 - Reportagem - Sudeste da Amazônia pode virar savana se estiagens persistirem, alerta pesquisa
Uma sucessão de secas como a de 2010 seria capaz de transformar a porção sudeste da Amazônia em savana. A conclusão é de uma dupla de pesquisadores do Brasil e da Colômbia, que calculou pela primeira vez qual é a redução na quantidade de chuvas necessária para desestabilizar a floresta. ...
19/06/2010 - Reportagem - STF decide que terras do Baixo Xingu serão reservas ecológicas
Brasília " As terras localizadas no Baixo Xingu devem se tornar reservas ecológicas. Esse foi o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que em decisão unânime, indeferiu o pedido de 54 proprietários e detentores de terra, que por meio de mandado de segurança, queriam a nulidade do decreto presidencial, que desapropria imóveis rurais no lim...
29/06/2009 - Reportagem - BR Distribuidora inaugura primeiro eletroposto do país no Rio de Janeiro
Os proprietários de carros e motos elétricos já tem onde abastecer seus automóveis. Foi aberto neste mês de junho na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, o primeiro posto de abastecimento de veículos movidos à energia elétrica proveniente de luz solar. ...
14/03/2004 - Reportagem - Lei da Garrafa quer instituir taxa sobre embalagens
Um projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados pretende instituir uma taxa reembolsável sobre o uso de embalagens e recipientes para reduzir a poluição causada pelo lixo não degradável. ...
05/03/2004 - Reportagem - Incompetência causou morte de quelônios
Filhotes de tartarugas que morreram no tabuleiro do Xingu no ano passado A morte de milhares de filhotes de quelônios na região do tabuleiro das tartarugas, entre os municípios de Vitória do Xingu e Senador José Porfírio, no ano passado, poderia ter sido evitada e foi proveniente da falta de conhecimento técnico das pessoas que atuavam naquele pr...



Capa |  Altamira  |  AMATA ASSOCIE-SE  |  Castelo de Sonhos  |  Desmatamento na Amazônia  |  ECOLOGIA  |  Educação Ambiental  |  ESPORTES  |  Hidrelétrica de Belo Monte  |  HIDRELÉTRICA DO TAPAJÓS  |  Opinião  |  Política  |  Poluição  |  SAUDE  |  Transamazônica  |  Turismo no Xingu